Derrubando paredes – de fora e de dentro

Eu não sei como está sendo a quarentena aí. Mas aqui, de todas as TANTAS coisas que têm acontecido, me impressiona a quantidade de sincronicidades. Sabe aquelas coisas que parecem soltas e de repente, PÁ, se encaixam perfeitamente? Uma frase aleatória que alguém diz e era tudo o que você precisava ouvir. Uma mensagem que... Continuar Lendo →

E todo aquele tormento… era só um treinamento!

2017, 2018, 2019. Os últimos três anos que vivi no Brasil, antes de vir morar na Europa, foram  extremamente desafiadores, cheios de recomeços, inundados por perrengues. MUITO perrengues, um atrás do outro, e de muitos tipos. Um verdadeiro tormento. Ao menos foi o que pareceu no momento... Porque hoje, prestes a completar três meses desta... Continuar Lendo →

Como é isso de morar na Europa sem pagar?

Com essa vista, de frente para a montanha, fazendo uma das coisas que mais amo – escrever! –, aqui estou eu cumprindo uma promessa! Recebi algumas vezes essa pergunta do título, de amigos ou seguidores, nas últimas semanas. Contava um pouco, explicava alguns detalhes e sempre dizia no final: "Vou escrever um texto me aprofundando... Continuar Lendo →

SER mãe ou DAR mãe?

Eu li/ouvi na semana passada o livro “Pais inteligentes criam sucessores, não herdeiros”, do autor Augusto Cury. Não tinham me indicado nem estava na minha lista, mas passando pelos audiolivros do app que uso, o nome me chamou atenção. Justamente porque o meu compromisso número 1 para este ano é ser a MELHOR MÃE POSSÍVEL... Continuar Lendo →

Personagens de viagem

Viajar, pra mim, é tipo um combustível de vida!! Toda vez que “abasteço esse tanque”, me sinto pronta pra rodar mais um monte de quilômetros, ainda que passe por pedágios, que faça paradas antes de chegar no destino. Até porque, pra mim, é o caminho que vale mais que o chegar. Caminho que fica melhor... Continuar Lendo →

A Copa do Mundo já foi minha (paixão)

Tá tendo Copa, e eu não podia deixar de escrever sobre essa competição pela qual sempre fui apaixonada! Se você leu o post "Várias jornalistas em uma só", já sabe que comecei no jornalismo esportivo, meu grande amor do passado, e que só abandonei por motivos de... tinha 21 anos e estrutura emocional insuficiente pra... Continuar Lendo →

Viajar é preciso – e delicioso!

A frase da imagem não é minha, mas é pra mim, rs. Realmente não tem coisa que me empolgue mais, que me coloque num estado de felicidade maior do que os dias ou semanas que antecedem uma viagem. E isso desde sempre. Passei a infância indo para acampamentos, desde os seis anos de idade, e... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑