A minha coragem não pode mudar o mundo

“A gente tem que admitir nossos limites.” Eu voltei pra terapia neste mês, por perceber que estou precisando trabalhar o meu “luto” do João ter ido embora morar com o pai. E essa foi uma das frases que falei na primeira sessão de retorno, enquanto processava em voz alta tudo o que estou passando neste... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑